Portal do Governo Brasileiro
Novos desafios da ICP-Brasil são abordados no último dia do 14º CertForum – etapa Brasília – Certforum | 2016

Novos desafios da ICP-Brasil são abordados no último dia do 14º CertForum – etapa Brasília

14138228_571813076277363_7447871530888240251_oAo completar 15 anos, a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira – ICP-Brasil tem muito a celebrar, porém continua em constante desenvolvimento e expansão. Os temas debatidos no último dia do 14º CertForum – Fórum de Certificação Digital, etapa Brasília demonstraram isso. O uso do certificado digital em dispositivos móveis, o desenvolvimento da cultura da substituição do papel pelo digital e o desenvolvimento de novos padrões de assinatura são alguns dos exemplos do constante desenvolvimento do Sistema e das políticas de utilização do certificado digital no padrão ICP-Brasil.

Um dos temas mais atuais da ICP-Brasil, o uso do certificado digital em dispositivos móveis foi o assunto da primeira mesa do dia. As iniciativas do Tribunal de Justiça da Paraíba – TJPB e do Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS foram apresentadas. Ambos órgãos já possibilitam a seus colaboradores o uso do certificado ICP-Brasil para assinatura em dispositivos móveis. No caso do TJPB, o analista judiciário Samuel Rodrigues falou sobre o Processo Judicial Eletrônico – PJ-e versão 2, que já possibilita o peticionamento em meios móveis. Já o ONS foi representado pelo engenheiro de Sistema de Potências Jefferson Alexander Goulart que falou dos benefícios alcançados com a possibilidade de assinaturas digitais feitas em qualquer local com agilidade e segurança.

Na mesa seguinte, a diretora de Formação Continuada da Universidade de Brasília – UnB Janaina Ferraz falou sobre a iniciativa da universidade de adotar o diploma digital. Ferraz destacou a mudança cultural na substituição do papel pelo digital. De acordo com ela, além das fronteiras tecnológicas, são necessárias ações que tornem a assinatura digital culturalmente mais aceita. Na última palestra da manhã, o Projeto de Certificação de Origem Digital – COD, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior – MDIC, foi apresentado pela analista de comércio exterior Cibele Oldemburgo. O projeto é um grande desafio, pois visa possibilitar a interoperabilidade entre ICPs de outros países da América do Sul. Com o uso COD, transações comercias entre os países ficarão mais baratas, ágeis e seguras.

A já tradicional apresentação do diretor de Infraestrutura de Chaves Públicas do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI Maurício Coelho, com um balanço do último ano da ICP-Brasil e as perspectivas futuras, foi bastante aplaudida. A composição da Infraestrutura e os números de emissões de certificados tiveram destaque. Segundo Coelho, em junho de 2015 a ICP-Brasil teve o seu recorde de emissões mensais – foram 449.710 emissões. Ele também destacou o crescimento na emissão dos certificados digitais para pessoa física. As oportunidades futuras também foram abordadas, os dispositivos móveis, a computação em nuvem e a internet das coisas.

O Plugin de assinatura da ICP-Brasil PAdES foi o tema da última mesa. O Consultor da Adobe Eduardo Jordão falou sobre a participação da empresa no desenvolvimento da ferramenta. A Adobe percebeu que a ação é importante não só para o ITI ou para Adobe, mas todo o Brasil. O Professor do curso de Engenharia de Software da Universidade de Brasília – UnB Luiz Laranjeira considera o desenvolvimento do plugin um marco na certificação digital, no sentido de nunca implementou-se algo semelhante em nenhum outro lugar do mundo. A expectativa, segundo o professor, é que o plugin seja entregue até o final de setembro para todos os usuários.

Todas as apresentações do 14º CertForum serão disponibilizadas na íntegra no Canal do ITI no Youtube.

O 14º CertForum é realizado pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI e organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia em Identificação Digital – Abrid mediante acordo de cooperação técnica publicado no Diário Oficial da União – DOU. Em 2016, o evento é patrocinado pelas seguintes empresas: Boa Vista SCPC, Certisign, Comitê Gestor da Internet no Brasil – CGI.br, Digitalsign, Griaule, Lacuna Software, Safeweb Autoridade Certificadora, Serasa Experian, Soluti Certificação Digital e VALID Certificadora Digital. A Associação Brasileira das Empresas de Software – ABES apoia institucionalmente o evento.


 
PORTO ALEGRE:
 
APOIO INSTITUCIONAL:      
Banrisul      

 
BRASÍLIA:
Boa Vista DigitalSign
Lacuna Software

     
 
APOIO INSTITUCIONAL:      
ABRID      
 
ORGANIZAÇÃO: REALIZAÇÃO:  
 
ABRID Instituto Nacional de Tecnologia da Informação Portal Brasil